Vai construir? Siga as dicas na hora de comprar um terreno

Vai construir? Siga as dicas na hora de comprar um terreno

Construir uma casa é o sonho de muita gente. O proprietário do imóvel tem a chance de morar em um lugar como sempre desejou. Dá para unir o útil ao agradável como pensar na localização, no tamanho da área construída, na quantidade de cômodos, caprichar na varanda para reunir a família e os amigos ou fazer a garagem de acordo com o número de carros. Tudo pode ser a cara do dono, do jeitinho que ele sempre quis. E para completar, segundo os especialistas, construir é a melhor forma de economizar. A casa pode sair até 30% mais barata se comparada com uma pronta.

O primeiro passo, para iniciar o sonho de construir a casa dos seus sonhos é ter o terreno e para isso é preciso certos cuidados antes de fechar o negócio. O principal risco é comprar uma área irregular. Por isso, preste atenção nas dicas abaixo:

VISITA TÉCNICA AO LOCAL

Conheça de perto o terreno que pode virar o seu quintal. Conheça o lote e cheque o tamanho da área. É importante ver a infraestrutura do bairro, as condições das ruas, a iluminação, a segurança, se tem transporte coletivo na região e o comércio do bairro.

Depois disso, é hora de conhecer melhor o terreno. Procure a planta aprovada pela prefeitura e cheque se o local tem saneamento básico e serviços como luz, telefone, internet.

PREÇO

Ao longo dos anos, os valores dos terrenos vêm se valorizando em todo o Brasil. Em São Paulo, de acordo com um estudo feito pelo Núcleo de Real Estate da USP, uma área que representava algo em torno de 15% a 25% do custo total da obra, hoje pode chegar a 35%. Por isso, desconfie de preços muito baixos. Pode ser que o terreno esteja em nome de associações de moradores ou tenha alguma irregularidade.

DOCUMENTAÇÃO

Esta é a parte burocrática, mas não menos importante. Para começar, peça a matrícula individual do lote, que é uma espécie de “certidão de nascimento” do imóvel/ terreno. O documento deve ter sido registrado no cartório de imóveis com todas as informações do terreno.

Na prefeitura, veja que tipo de construção é permitida para a área escolhida. O uso do solo é regulado pelas leis municipais e é preciso ir até lá para checar as informações sobre a lei de zoneamento. Verifique também as licenças e aprovações do projeto, como IPTU e licenças ambientais.

PROPRIETÁRIO

O próximo passo é verificar o histórico da empresa ou do dono responsável pelo lote. Peça referências a pessoas que já compraram ou conhecem o vendedor.

No caso de uma imobiliária, consulte o Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI). Esta é uma boa dica para te deixar mais seguro.

NEGOCIAÇÃO

Faça uma proposta de compra, que não significa contrato, mas funciona como um documento que comprove a sua intenção de fazer negócio. Lembrando que qualquer valor pago como sinal vale como entrada ou parte do valor total pago pelo terreno.

A entrada ou sinal deve ser nominal à empresa/dono, e o consumidor precisa de um recibo e um contrato, que descrevam de forma detalhada as condições do negócio. Após o acordo do preço e forma de pagamento, leia com muita atenção o contrato. Caso não entenda do assunto, procure um advogado ou o Procon de sua cidade.

PAGAMENTO

As formas mais comuns são à vista ou financiada. E para quem já tem um consórcio de imóveis contemplado, a compra pode ser viabilizada sem dor de cabeça da mesma forma que um pagamento à vista.

O consórcio é sempre um ótimo negócio.  Para fazer parte de um consórcio de imóveis, basta você adquirir uma cota e pagar as parcelas em dia. Sua carta de crédito para a compra do terreno poderá ser obtida através de sorteios mensais ou através de lance, nas assembleias mensais do seu grupo.

Entre outras vantagens, o custo para quem escolher entrar para um consórcio é mais baixo se comparado ao dos financiamentos porque não há cobrança de juros. Quem usa o consórcio na compra do terreno tem a mesma força de negociação de quem faz o pagamento à vista, em dinheiro.

Quer saber mais sobre o consórcio de imóveis? É só clicar aqui e fazer uma simulação.