O que é lance embutido?

O que é lance embutido?

Antes de fechar um consórcio, é imprescindível ler com cuidado todas as cláusulas do contrato e sanar qualquer dúvida existente com a administradora. É necessário entender todas as questões que envolvem o investimento para nivelar as expectativas e aproveitar o máximo a oportunidade

Mas é natural esquecer de algumas possibilidades que o consórcio oferece, como por exemplo os tipos disponíveis de lance. Um deles, é o lance embutido. Já ouviu falar? Se você já se preocupou com o fato de nem sempre dispor de uma quantia para ofertar um lance e, assim, adiantar a contemplação, o lance embutido pode ser uma opção para você.

Veja agora como aproveitar mais essa possibilidade no consórcio!

Lance embutido: como funciona?

O lance embutido é uma oferta realizada pelo consorciado nas assembleias mensais sem necessariamente ter o dinheiro em mãos. Nesse caso, ele utiliza parte da sua futura carta de crédito para dar o lance.

Dessa maneira, quando o consorciado for contemplado, terá sua carta de crédito reduzida, já que utilizou determinado valor da carta de crédito para pagar o lance. Caso o lance não seja o vencedor, a carta de crédito continuará intacta.

Esse lance também pode ser utilizado como uma forma de completar um valor em dinheiro que você já possui para o lance tradicional.

Se seu consórcio é de 50 mil reais e permite a ocorrência de lances livres, por exemplo, você pode ofertar 30% de lance, equivalente a 15 mil reais. Supondo que já tenha 10 mil em mãos, pode usar o lance embutido de 5 mil (que será abatido da sua carta de crédito caso seu lance seja o vencedor). Assim, usando o lance embutido você pode aumentar suas chances de contemplação. Viu como a conta é simples?

É um investimento seguro

Quando você investe na bolsa de valores ou em outras modalidades mais arriscadas, é preciso contar com a possível perda de dinheiro. No consórcio, não. Seu dinheiro não desvaloriza, pois a carta de crédito acompanha o reajuste do bem.

Com isso, é mantido o poder de compra das cotas não contempladas. Dessa maneira, você não sai perdendo. Além disso, a modalidade é regulamentada pelo Banco Central, e possui regras transparentes.

Você não precisa ter uma reserva de dinheiro

É comum, num financiamento, por exemplo, ter que dispor de um valor significativo de entrada para adquirir um apartamento. Por mais que você tenha uma quantia guardada, ter que investir esse dinheiro todo de uma vez pode gerar sacrifícios, como ver as contas no limite por muito tempo até a vida financeira se normalizar.

No consórcio, você não precisa disso, pois não requer valor de entrada. Uma dica é usar o dinheiro que você possui guardado para ofertar em lances futuros ou até pagar antecipadamente algumas parcelas.

Possibilidade de diversificar o investimento

Não é novidade que diversificar o investimento é importante para garantir melhor rentabilidade. No consórcio, você pode conquistar sonhos que pareciam distantes como construir imóveis para venda, investir em imóveis na planta ou até mesmo comprar terrenos.

Segundo dados da Associação Brasileira das Administradoras de Consórcio (ABAC), quem entra em um consórcio economiza 4,5 vezes mais do que guardaria se abrisse uma poupança.

O consórcio é mesmo a alternativa ideal para quem deseja poupar e tem dificuldade, certo? A partir dele, você pode conquistar sua independência financeira de maneira segura e se planejar para o futuro.

Interessou-se e gostaria de investir em consórcios? Faça uma simulação em nosso site e escolha a melhor opção para você!