Vittorio E. Primo Rossi, um homem de sucesso e um exemplo a seguir

Vittorio E. Primo Rossi, um homem de sucesso e um exemplo a seguir

Quando falamos ou ouvimos o nome “Primo Rossi” logo nos vem à memória as concessionárias no bairro do Ipiranga e na zona leste de São Paulo. Essa empresa, com 53 anos de uma trajetória bem-sucedida e um nome sólido no mercado foi construída por Vittorio Emanuele Primo Rossi, um empreendedor ímpar e um exemplo a ser seguido.

O Grupo Rossi hoje é formado por quatro empresas e sempre prezou pelo trabalho ético e dedicado, oferecendo serviços de qualidade à milhares de famílias que confiaram à empresa seus sonhos e esperanças. Como ser humano e como empreendedor, Vittorio E. Primo Rossi é um homem inspirador e motivador. Por isso no artigo de hoje vamos conhecer um pouco mais sobre a SUS história.

O início de uma história de sucesso

Esta história de sucesso se iniciou quando Vittorio Emanuele Primo Rossi enxergou nos sonhos do pai a oportunidade de construir seu futuro. Aos 15 anos, o jovem Vittorio demonstrou desenvoltura para os negócios ao abrir a “Papelaria do Vittorio”, próxima a um colégio no bairro do Ipiranga, em São Paulo. Mesmo feliz com a iniciativa, Vittorio ainda guardava para si uma grande paixão: carros.

Empolgado com o futuro, Vittorio Rossi deixou a papelaria aos cuidados do pai e da irmã, Iolanda, e decidiu se dedicar à venda de carros usados. Não demorou muito e, em mais uma demonstração de competência e talento para empreender, Vittorio abriu sua primeira loja de carros usados, a “Vittorio Automóveis”.

Já totalmente inserido no incipiente mercado nacional, em 1964, após desmanchar uma breve sociedade com outra concessionária, Vittorio adquiriu o controle acionário da ABC Veículos, concessionária Volkswagen no Tatuapé, que foi rebatizada de Companhia Rossi de Automóveis. No mesmo ano, surgia a Primo Rossi Administradora de Consórcio, fundamental para dar apoio às atividades da concessionária.

Inovação, criatividade e carinho com o público: um diferencial do Consórcio Primo Rossi ABC

Vittorio sempre esteve atendo às novas tendências da publicidade no mundo. Com esse embasamento, o empresário decidiu colocar o próprio rosto na propaganda de sua empresa para passar mais credibilidade aos negócios. E tal estratégia deu muito certo e o inspirou a inovar mais uma vez, fazendo o acréscimo do nome “Primo” ao seu nome e consequentemente ao nome de seu grupo, transmitindo proximidade, afinal, primo é da família e tão próximo como pais, mães e irmãos, certo? Sua ideia foi para aproximar ainda mais do seu público e tornar o nome sua marca registrada. Como a empresa tem muito carinho com o público, o nome “Primo” combinou e foi muito bem aceito.

A iniciativa tão simples, mas genial foi um sucesso. Assim, ganhou notoriedade na televisão, se instalou na memória dos paulistanos e ganhou projeção nacional. A popularidade era tanta que Vittorio criou um jingle para sua marca, uma tradicional tarantela italiana. Quem não se lembra da música “Parabéns, Primo Rossi, Parabéns….”. Até o apresentador Chacrinha se deixou encantar e convidou Vittorio para o seu famoso júri de calouros.

Naquela época, a criatividade para os negócios fazia da marca Primo Rossi uma das mais lembradas por todos os brasileiros. Brindes para quem comprasse um carro enlouqueciam a clientela, enquanto competições para adivinhar o artilheiro do campeonato brasileiro distribuíam carros – para o acertador e o artilheiro!

Mas nem fama, nem os bons ventos dos negócios, fizeram Vittorio perder a humildade e a preocupação com as pessoas. Não raro, o empresário era visto em cima de caminhões que percorriam a zona leste pedindo roupas e doações para os mais carentes. O Consórcio Primo Rossi também foi responsável pela campanha “Plante uma árvore e salve o seu pulmão”, com apoio do Chacrinha.

Na virada do milênio e já alinhado com os novos tempos, o Grupo Rossi inovou ao criar dois serviços inéditos: o 1º Consórcio Online do país e o Carro Direto, um sistema de venda de veículos pela internet. Nesse mesmo período, a locadora, ex-master franqueadora da americana Budget Rent a Car, ganhou um novo nome e passou a se chamar Primo Rossi Rent a Car.

Mas os anos 2.000 trouxeram outro novo e decisivo impulso para o Grupo Rossi. Em um ousado movimento de mercado, o Consorcio primo Rossi adquiriu os 428 grupos do consórcio M, que abrigava as carteiras Mappin e Mesbla e garantiu a entrega de todos os bens pendentes a mais de 20.000 famílias, trazendo credibilidade ao setor de consórcio.

No mesmo ano, o Consórcio Primo Rossi foi premiado pela ABAC (Associação Brasileira das Administradoras de Consórcio), sendo a única empresa do setor a receber o Prêmio Destaque Empresarial pelo sucesso na administração do Consórcio Mappin/Mesbla.

E 53 anos depois seria ele o responsável por construir um dos mais expressivos grupos empresariais do setor de distribuição no Brasil.

Essa é a história da realização do sonho de Vittorio Emanuele Primo Rossi, fundador do grupo Empresarial Rossi.

Qual é o seu sonho? Vamos realizá-lo juntos?